ARQUITETURA,  DECORE,  Todas

Conheça 10 museus com arquitetura impressionante

Dia 18 de maio foi comemorado o Dia Internacional dos Museus. Para marcar a data, fizemos uma lista de instituições com construções icônicas, que se tornaram uma atração à parte junto aos acervos que abrigam. Veja abaixo:

1. Guggenheim Bilbao Museum, Espanha

Inaugurado em 1997, o museu de arte contemporânea situado à beira do rio Nervión, na cidade de Bilbao, na Espanha, tornou-se um ponto turístico famoso, atraindo visitantes do mundo todo e impulsionando significativamente a economia da cidade. Com suas formas curvilíneas e não lineares, o projeto do arquiteto americano Frank Gehry rompeu paradigmas e, até hoje, desafia a ideia do como deve ser um museu.

2. Royal Ontario Museum, Canadá

Localizado em Toronto, no Canadá, foi aberto em 1914 e passou por três expansões para acomodar a grande coleção com mais de 6 milhões de peças. A última atualização, de 2007, foi um projeto do arquiteto americano Daniel Libeskind, que acrescentou uma icônica fachada desconstruída junto ao prédio centenário. Irregular e cheia de pontas, a estrutura chama a atenção ao lado do vizinho antigo.

2. Royal Ontario Museum, Canadá

Localizado em Toronto, no Canadá, foi aberto em 1914 e passou por três expansões para acomodar a grande coleção com mais de 6 milhões de peças. A última atualização, de 2007, foi um projeto do arquiteto americano Daniel Libeskind, que acrescentou uma icônica fachada desconstruída junto ao prédio centenário. Irregular e cheia de pontas, a estrutura chama a atenção ao lado do vizinho antigo.

4. Museum of The Future, Dubai

Inaugurado no ano passado em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, o museu abriga uma série de exposições e experiências imersivas nas áreas de ciência, tecnologia e meio ambiente. O projeto do escritório de arquitetura local Killa Design traz uma estrutura oval complexa, alimentada por 4.000 megawatts de energia solar. A fachada exterior do edifício traz janelas que formam um poema árabe do governante de Dubai sobre o futuro do emirado.

5. Ordos Museum, China

Aberto em 2011, o museu na cidade de Ordos, na China, tem projeto do escritório MAD Architects, com sede em Pequim. Com um suave formato de dunas, ele parece ter “pousado” no local. A estrutura é envolta em persianas de metal polido para refletir a paisagem do entorno, resultando em um edifício compacto e sem janelas aparentes, encerrando um interior completamente isolado do exterior.

6. Kunsthaus Graz, Áustria

Aberto em 2003, o museu localizado em Graz, na Áustria, destaca-se em meio aos prédios antigos do centro histórico da cidade. Projetado pelos arquitetos ingleses Peter Cook e Colin Fournier, abriga uma coleção de arte contemporânea, design, cinema e fotografia. Com um formato orgânico único, ele reúne na fachada cerca de 1.300 painéis fotovoltaicos de acrílico que produzem energia para seu funcionamento.

7. The Broad, Califórnia (EUA)

Localizado na Grand Avenue, no centro de Los Angeles, na Califórnia (EUA), o museu aberto em 2015 tem projeto do escritório de arquitetura americano Diller Scofidio + Renfro e abriga uma imensa coleção de arte contemporânea. A arquitetura singular traz uma fachada repleta de aberturas como pequenos favos de mel, que fornece iluminação natural para o interior. Na extremidade inferior, como um “véu” que se levanta, a cobertura dá lugar ao hall de entrada.

8. Messner Mountain Museum Corones, Itália

Incrustado no alto do monte Kronplatz, na Itália, a 2.275 m acima do nível do mar, o museu explora as tradições, a história e a disciplina do montanhismo. Construído pelo alpinista Reinhold Messner, o local, aberto em 2015, fica em uma importante estação de esqui da região. O projeto do escritório Zaha Hadid Architects traz galerias com janelas panorâmicas e um terraço que se projeta a 6 me da encosta da montanha, proporcionando uma visão panorâmica dos picos nevados ao redor.

9. Zeitz MOCAA, África do Sul

Aberto em 2017, na Cidade do Cabo, na África do Sul, é o maior museu do mundo dedicado a arte contemporânea africana. Projetado pelo escritório de arquitetura Heatherwick Studio, com sede em Londres, ele foi construído em um antigo silo de grãos datado de 1924, que já foi considerado o edifício mais alto do país. Os 42 tubos de concreto de 33 m de altura foram esculpidos por dentro para dar nova vida ao importante prédio histórico, em desuso desde a década de 1990.

10. Museu do Amanhã, Rio de Janeiro, Brasil

Localizado na zona portuária do Rio de Janeiro, o museu aberto em 2015 se transformou em um importante ponto turístico carioca. O projeto do arquiteto espanhol Santiago Calatrava traz uma cobertura em balanço que lembra o esqueleto de um animal e é um dos grandes destaques da construção. Além do espaço de exposições interno, uma imensa praça envolve a estrutura e se estende ao longo do cais. Um espelho d’água ao redor do edifício dá a impressão de que ele está flutuando.

FONTE: revistacasaejardim.globo.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 + 1 =