ARQUITETURA,  Eventos,  Todas

Decoração do Met Gala foi feita com milhares de garrafas pet

O Metropolitan Museum of Art (Met), em Nova York (EUA), adotou uma abordagem diferente para o Met Gala de 2023, que aconteceu em 1º de maio. Plantas e flores foram substituídas este ano por instalações compostas por garrafas de água recicladas e iluminadas com uma luz azul.

O tapete vermelho foi substituído por um tecido biodegradável produzido com fibra de sisal. Acima da “passarela”, lustres também de garrafa pet, roubavam a cena.

As peças foram criadas por Tadao Ando, o designer da exposição deste ano, a qual faz uma homenagem ao estilista Karl Lagerfeld. As muitas garrafas usadas para a decoração serão recicladas posteriormente.

A intenção do designer era dar destaque à sustentabilidade no grande evento de moda, principalmente porque há anos o setor é criticado pelo seu “descompromisso com a causa ambiental”. Esse mercado sozinho, conforme a ONU, é responsável por 20% da poluição global da água, e as emissões de gases estufa da indústria do vestuário tendem a dobrar até o ano de 2030.

O Met Gala é um evento beneficente para arrecadação de fundos para o Metropolitan Museum of Art’s Costume Institute. É conhecido como um dos mais prestigiados eventos fashion do ano e marca o início da exposição anual de moda do museu.

FONTE: revistacasaejardim.globo.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 + 4 =