ARQUITETURA,  NOSSOS DESIGNERS,  Todas

Pão de Açúcar terá tirolesa de 400m de altura em 2023 projetada por Guto Índio da Costa

Guto Indio da Costa é filho de Ana Maria Indio da Costa, decoradora renomada no cenário carioca e de Luiz Eduardo Indio da Costa, um dos mais cultuados arquitetos brasileiros contemporâneos, Luiz Augusto, o Guto Indio da Costa, nasceu no Rio de Janeiro tendo dentro de casa sua primeira escola de inspiração, criatividade e estética arrojada.

Seguindo seu entusiasmo e vocação, formou-se em Design Industrial no Art Center College of Design, na Suíça. Hoje coordena os núcleos de design e transporte da Indio da Costa A.U.D.T (Arquitetura, Urbanismo, Design e Transporte), responsáveis por dezenas de projetos, muitos dos quais alcançaram grande sucesso e receberam diversos prêmios internacionais de design, como o IF Design Award.

Tendo assinado grandes projetos em todo o mundo, desde produtos premiados, como os ventiladores SPIRIT e IC Air até projetos urbanísticos como o VLT carioca, incluindo toda a reestruturação urbana nos arredores de suas estações, até propostas inovadoras como as apresentadas para o complexo da Marina da Glória no Rio de Janeiro e do Museu Guggenheim, em Helsinki, a Indio da Costa A.U.D.T. tornou-se um marco mundialmente reconhecido da criatividade genuinamente brasileira. 

Atualmente o Escritório Índio da Costa está atuando no projeto que promete renovar um dos mais importantes ícones e destinos turísticos do Brasil: o Parque Bondinho do Pão de Açúcar além do projeto do Parque da Orla de Balneário Camboriú que pretende transformar a Orla atual em um grande parque linear que ligará o Pontal Norte ao Sul.

Parque Bondinho do Pão de Açúcar

“É um projeto inovador e orgânico do Escritório Índio da Costa, no qual não removemos uma única árvore. A passarela de acesso à tirolesa, encravada na pedra e com vista para a Baía de Guanabara em um dos pontos mais altos do Rio, já será uma experiência em si. Teremos também um novo mirante na área de desembarque da tirolesa, no Morro da Urca”.

O Pão de Açúcar hoje é muito mais do que um cartão-postal e uma viagem de bondinho, como ressaltou Ana Lucia: “Durante a pandemia, os moradores do Rio redescobriram o parque. Desde a década de 1980 que cuidamos do reflorestamento e da conservação da Mata Atlântica no Morro da Urca, e adotamos a Unidade de Conservação local. Temos um programa socioeducativo que este ano levou dez mil alunos de escolas públicas para ter aulas de ecologia no parque. Para 2023, dobramos a meta e pretendemos atender 20 mil estudantes. Em números absolutos, já estamos recebendo mais visitantes do que em 2019.

A inauguração da tirolesa faz parte das comemorações do aniversário do Bondinho do Pão de Açúcar, que acaba de completar 110 anos.

Ana Lucia destacou que o Bondinho Pão de Açúcar é um exemplo de que inovação não tem idade: “O bondinho é centenário, mas traz a inovação no DNA, desde a sua criação. Porém, não é fácil inovar sozinho, somente dentro da empresa. Por isso, estamos em busca de novas parcerias para acompanhar todas as transformações pelas quais o turismo está passando”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

− 5 = 4